Bolsonaro volta defender legalização de garimpos em terras indígenas

"Hoje se o garimpo é ilegal, queremos legalizar", afirmou o presidente.

© Reuters

presidente Jair Bolsonaro voltou a defender nesta terça-feira, 27, a legalização do garimpo em terras indígenas. Ele falou durante a reunião com governadores dos Estados da Amazônia Legal que o tema ainda está em andamento no Palácio do Planalto. “Não podemos viver como pobres pisando em terras riquíssimas. (…) Queremos incluir de verdade o índio na nossa sociedade, grande parte deles quer isso aí. Hoje se o garimpo é ilegal, queremos legalizar. Mas temos que ouvir o Parlamento, não vou assinar nada sozinho”, disse.

O presidente afirmou que a proposta ainda está em análise pelo Ministério de Minas e Energia, mas deve ser encaminhada ao Congresso em breve. Bolsonaro destacou ainda que, para ele, a região Norte é a mais rica do País e que é preciso encontrar meios de explorar a região.

Ele reclamou novamente do presidente francês Emmanuel Macron, mas disse não ser contra o diálogo com a França. Bolsonaro também afirmou que o Brasil está “ganhando a guerra com apoio dos governadores” para mostrar o potencial da região amazônica.

Notícias ao Minuto 

você pode gostar também Mais do autor