EM SP: Mulher é morta após briga por levar bolo e não salgado a festa, diz polícia

Após o crime, o suspeito fugiu.

Foto: Pinterest

A dona de casa Vanderléia Inácio do Santos, 25, foi morta a tiros na frente dos filhos após uma discussão com um homem de 47 anos em uma festa junina em Sete Barras, no Vale do Ribeira, no último sábado (15).

Ao UOL, a Polícia Civil confirmou que a dona de casa foi morta com três tiros depois de uma discussão. A briga começou porque ela teria levado à festa um bolo em vez de um salgado, como era o combinado.

“Depois da discussão, o homem foi até o carro, pegou a arma e atirou contra vítima”, informa o Boletim de Ocorrência. “Foram três disparos no rosto.”

Após o crime, o suspeito fugiu. Acionada, a PM (Polícia Militar) foi até a festa, no bairro Onça Parda, e encontrou o corpo da vítima.

“O suspeito se apresentou posteriormente, na terça-feira (18), já com o advogado”, informa a polícia. “Como ele fugiu no dia do crime, não houve flagrante e, por isso, ele não foi preso.”

O delegado tomou o depoimento e liberou o suspeito. O crime, registrado como homicídio qualificado, está em fase de inquérito. Após sua conclusão, a investigação será encaminhada ao Judiciário.

Segundo a delegacia, a polícia não se responsabiliza pela proteção do suspeito enquanto ele estiver em liberdade.

Vanderléia deixa quatro filhos: uma menina 6 anos e três meninos, de 8 anos, 4 anos e um bebê de 10 meses.

UOL 

você pode gostar também Mais do autor