Homens são presos suspeitos de matar sargento da PM no Sertão; outros quatro estão foragidos

Dois homens foram presos na tarde dessa terça-feira (17) suspeitos de participar do assassinato do sargento da Polícia Militar Pedro Marques da Silva Neto, de 49 anos. Eles foram levados para a Cadeia Pública de Conceição. Uma motocicleta e uma caminhonete D20 que teriam sido usadas pelo grupo para chegar até o sítio do sargento foram apreendidas.

O sargento Da Silva foi morto na manhã dessa terça em um sítio da cidade de Ibiara (Sertão do estado, a 452 km de João Pessoa). A polícia aponta outros quatro homens como cúmplices do crime, mas eles permanecem foragidos.

De acordo com a polícia, um dos suspeitos usava parte do terreno do sargento para criar gado. A suspeita é de que o crime tenha sido motivado por uma briga entre proprietário e inquilino.  Pelo menos três dos seis suspeitos são da mesma família.

O crime 

De acordo com informações da Companhia de Polícia da cidade de Conceição, que é responsável pelo policiamento das cidades de Ibiara e Diamante, a polícia recebeu denúncias de que o sargento havia sido encontrado morto na manhã dessa terça-feira (17) no sítio Malhadas, onde residia com a família.

A propriedade está localizada na rodovia PB-306, que dá acesso ao município de Santana de Mangueira. Os familiares do sargento não souberam informar o que pode ter motivado o crime, nem quem pode ter autuado os disparos. O policial estava de folga nesta terça-feira. Seu último plantão foi cumprido no domingo (15).

O sargento Pedro Marques da Silva Neto era comandante do Destacamento da Polícia Militar da cidade de Diamante (a 450 km de João Pessoa).

 

Fonte: Portal Correio

você pode gostar também Mais do autor