Justiça mantém bloqueio de R$ 10 bilhões da Vale

Empresa tinha pedido a reconsideração do congelamento dos recursos alegando "a absoluta desnecessidade desse bloqueio"

Justiça manteve o bloqueio de R$ 10 bilhões imposto à Vale por causa da tragédia da barragem em Brumadinho (MG).

A empresa tinha pedido a reconsideração do congelamento dos recursos alegando “a absoluta desnecessidade desse bloqueio”, diz o advogado Sergio Bermudes, que representa a companhia na área cível.

A juíza Perla Brito, de Minas Gerais, negou o pedido. Segundo ela, a Vale tem um patrimônio de R$ 70 bilhões e portanto R$ 10 bilhões não lhe causariam danos.

“Vamos recorrer imediatamente, mostrando que o capital da empresa não justifica o bloqueio de uma liquidez necessária às suas operações, como aliás é intuitivo”, afirma Bermudes. Há ainda R$ 1 bilhão bloqueado por outro magistrado.

 

 

você pode gostar também Mais do autor