Moradores de rua retiram de caminhão do lixo produtos descartados por supermercado em Olinda

Flagrante foi feito pela TV Globo na segunda-feira (10). De acordo com a empresa responsável pela coleta, problema motivou a troca de turno do recolhimento de resíduos.

Produtos descartados de supermercado são retirados de dentro de caminhão de lixo em Olinda — Foto: Suzanna Borba/TV Globo

Um flagrante feito pela TV Globo, na noite da segunda-feira (10), mostra moradores de rua retirando de um caminhão de coleta de lixo produtos descartados por um supermercado no bairro de São Benedito, em Olinda. De acordo com a empresa responsável pela coleta, a situação ocorreu mais de uma vez. (Veja vídeo acima)

Nas imagens, é possível ver que as pessoas se aglomeram na traseira do caminhão de coleta de lixo e usam sacos plásticos para armazenar o que é retirado do veículo. Um funcionário acompanha a situação, mas não impede que os resíduos sejam retirados do veículo por pessoas não autorizadas.

http://g1.globo.com/pernambuco/videos/v/pessoas-retiram-de-caminhao-de-lixo-produtos-descartados-por-supermercado-em-olinda/7683598/

Pela manhã, no turno inicial do serviço, o mesmo problema foi registrado pela Elus Engenharia, Limpeza Urbana e Sinalização. A retirada irregular de resíduos do caminhão motivou a mudança de horário do trabalho, que passou a ser feito à noite. A empresa não informou quando tomou conhecimento da situação.

Procurada pelo G1, a empresa afirma, por meio de nota, que o supermercado de onde são coletados os resíduos “não possui infraestrutura para a parada segura do veículo em sua planta interna” e, sendo assim, o caminhão é estacionado a cerca de 300 metros do local de coleta.

“Nesse percurso, nossos colaboradores são abordados por moradores de rua, que, de forma não consentida, retiram os resíduos descartados”, diz a nota enviada à reportagem.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil sobre a situação, segundo a empresa, mas a data do registro não foi informada. Por meio de nota, a polícia afirma que o registro sobre o caso não foi localizado.

De acordo com a empresa que faz a coleta de lixo, os colaboradores são treinados para a destruição dos resíduos dentro dos caminhões por meio de prensagem “e estão orientados a não reagirem à abordagem recorrente dos moradores de rua para a segurança dos mesmos”.

G1 

você pode gostar também Mais do autor