Tiroteio após assalto a Correios acaba com um bandido morto e dois presos em Rio Tinto

A Polícia Militar da 2ª Companhia sediada em Mamanguape, juntamente com a PM de Rio Tinto, consegui prender dois suspeitos de participar ao assalto dos Correios de Rio Tinto na manhã desta quarta-feira (11), no Litoral Norte paraibano, além de outros roubos realizados em postos de combustíveis na região. Durante fuga empreendida pelos bandidos e troca de tiros com a polícia, um dos suspeitos chegou a ser baleado e morto na região da Vila Regina, na mesma cidade. Durante as buscas os policiais conseguiram prender um outro envolvido ao assalto de um posto de combustível de Mataraca. Este estava na aldeia Forte em Baía da Traição. Nenhuma quantia em dinheiro foi levada pelo grupo.

De acordo com a PM, o trio era da mesma família, o homem morto era o tio e os outros dois seus sobrinhos. Um adolescente conseguiu fugir pela região da aldeia Jaraguá, mesmo com a utilização do helicóptero da Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds) nas buscas.

A ação criminosa teve início por volta das 4h da madrugada, quando os três homens chegaram em uma caminhonete, adentraram na residência de uma das funcionárias da agência e fizeram a família dela reféns. Ao amanhecer o dia, por volta das 7h30 os suspeitos foram até os Correios, que funciona embaixo da casa dela, para roubar o dinheiro. Logo em seguida, eles renderam um vigilante e roubaram a arma e o colete balístico dele. Um dos elementos preso usou a farda do vigilante. O uniforme seria o disfarce para que ninguém desconfiasse da ação.

O alarme da agência disparou acionando a Polícia Militar. Viaturas foram encaminhadas para os Correios onde foi iniciada uma intensa perseguição pelas ruas da cidade. Tiros atingiram a caminhonete e um dos assaltantes foi baleado, mas não resistiu e morreu. O carro foi abandonado às margens da PB-041, próximo à saída para Baía da Traição.

Uma força tarefa permaneceu em andamento por todo o dia, inclusive com o apoio do helicóptero ‘Acauã’.

Segundo a polícia, o carro utilizado na tentativa de assalto aos Correios tem registro de roubo no estado de Minas Gerais e o mesmo grupo foi reconhecido, através de câmeras de circuito interno, como autores de um roubo a posto de combustíveis na cidade de Mataraca, também no Litoral Norte paraibano.

A dupla detida foi levada para a agência dos Correios, onde foram recebidos por policiais federais de João Pessoa. O acusado morto tinha saído havia quatro meses de um presídio do Rio Grande do Norte, após cumprir pena por roubo a banco.

 

você pode gostar também Mais do autor