Troca de comando da PF pode provocar saída de superintendente da Paraíba

A mudança no comando da Polícia Federal, promovida pelo presidente Jair Bolsonaro, poderá ter desdobramentos na Paraíba. É o que informa a coluna Painel, do Jornal Folha de São Paulo. De acordo com a publicação, o atual superintendente no Estado, André Viana Andrade, deverá assumir a Diretoria de Logística do órgão. Se isso ocorrer, claro, um novo superintendente será nomeado para coordenar a PF no Estado. Além dele, outros quatro superintendentes deverão ser modificados.

O atual superintendente do Rio de Janeiro, Carlos Henrique Oliveira, assumirá o cargo de diretor-executivo (já confirmado por Bolsonaro). O diretor de Inteligência deverá ser o delegado Alexandre da Silveira Isbarrola, atual superintendente do Rio Grande do Sul. Já a Corregedoria-Geral deverá ser assumida por João Vianey Xavier Filho, que comanda hoje PF em Alagoas. A atual superintendente no Tocantins, Cecília Silva Franco, deve assumir o cargo de diretora de Gestão de Pessoal.

No comando da Polícia Federal na Paraíba desde novembro de 2017, André Viana Andrade, está no órgão desde 2006 e é natural do Estado de Goiás. Entre as ações recentes desenvolvidas com a participação da PF durante sua gestão estão as operações ‘Calvário’, ‘Pés de Barro’ e ‘Famintos’, que apuram desvios de recursos públicos no Estado. Em setembro do ano passado, também sob seu comando, a instituição inaugurou uma nova sede na Paraíba. O novo diretor geral do órgão, Rolando de Souza, tomou posse no cargo na última segunda-feira (04).

Polêmica Paraíba 

você pode gostar também Mais do autor